Bilhete de Bruma

Vou escrever estas mal traçadas linhas de um jeito assim destrutivo. Porque escrevo pra te desfazer em mim. Como uma superstição amara, quero, em cada palavra que escrever, te tirar de mim como um tumor maligno, antes da metástase se efetivar. Vou te dar toda esta tarde, mais do que dei tantas noites, porque nestas horas, dedicar-me-ei, à exaustão, perseguindo tua não existência.
Tu és o não, a falta, a ausência, a inexistência. Não foste nem talvez, que dirá o sim. Podias, ao menos, ser o mascarado, mas és apenas aquele sem alma e sem rosto. Como vais portar máscara, que seja? Quero te esvair como água parda que não tem reuso. Quero te perder em brumas aneladas no ar, eu, que já nem fumo
mais. Vou te borrar na memória, como desenho a carvão que se encrespa no esfuminho. Vou te raspar no nanquim da tela, com lâmina afiada. Maquinista, se faz o favor, não alimenta mais a locomotiva. Vamos todos descer, porque tu nos estragou a alma, o passeio e a estrofe. És mesmo aquele tipo de diabo não aceito nem pelo inferno. Agora, enfim, serás menos que isso. Reflexo mal sucedido no espelho, não mais acontecido. Serás não mais que omissão na minha memória. Que memória? Serás um mangá apagado à força com borracha.
Nunca mais serás mais que nada. Serás tudo, menos algo em mim. Isto é o que te permito. Não, não sei usar o “isto”. Mas e tu que não tens caráter, meu amor? Por fim, ao terminar este bilhete a mim mesma, as palavras todas terão te engolido no tempo do período e já não fará diferença o isto, o isso ou o aquilo. Espero que te percas no infinitivo!
*Publicado originalmente no blog Produção em Cena.
Anúncios
Post seguinte
Deixe um comentário

2 Comentários

  1. Muito bom.

    Tapa na cara bem dado nesse recado.

    Responder
  2. Ah nem sei como falar, mas gostei =D gostei do jeito, da intensidade, do significado…
    “És mesmo aquele tipo de diabo não aceito nem pelo inferno.” Demais!

    Responder

Conta pra mim aqui --->

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  • Enquanto isso, no Twitter:

    Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

  • O que saiu da cabeça por último

  • Tudo que já rolou:

  • Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

    Junte-se a 20 outros seguidores

  • Anúncios
%d blogueiros gostam disto: