Sobre bananas

Image

 

Odeio bananas. Desde que me lembro.
Reza a lenda oficial familiar que minha mãe comeu banana os nove meses da gestação, para evitar enjôo. Comeu apenas e tão somente: bananas. Portanto, tive minha cota preenchida deste alimento pastoso, intrusivo, arrogante e amarelo.
Sim… Ele é nojentamente pastoso. Inclusive a amassam, de vez em tanto, na teoria de que isto a torna atrativa. Desde quando comer lama clara é algo tentador? Ah lógico, com canela e açúcar, até jiló pode ser candidato a ser interessante. Sejamos razoáveis: pasta gosmenta não pode ser, nem de longe, esteticamente aceitável.
Intrusivo. Deveras intrusivo. Longe de mim, bancar a moralista, mas se temos problemas na fase oral, deve haver objetos fálicos bem mais interessantes a serem utilizados. Algo que se esforça pra parecer reto, mas está sempre curvo e pronto a segurar uma bengala virtual não pode ser sexy.Algo que pede pra ser triturado porque já é meio mole, não é nada afrodisíaco. Banana é aquele que tenta invadir e não tem competência. É intrusivo e nunca chega a desbravador.
Arrogante. Casca muito grossa. Necessariamente, você tem que observar bananas sob a casca grossa. Não há como engolir aquela grosseria. Não há como experimentar a essência, infeliz que seja, com a casca e tudo. E quando se despe a casca: nada… algo mole, torto e de cor sem graça. É o strip-tease do Costinha no auge de seus 90.
Amarelo. Eu odeio amarelo. É a cor do desespero e do alerta. Não há de ser algo bom. A natureza é sábia, alerta “coma apenas em desespero”. Banana é de uma falsidade, porque lá no fundo, nem isto banana é. Tem uma máscara amarela que cai ao primeiro sintoma de pânico… oops… fome. Banana é a fingida alegria do amarelo. Lá dentro, temos apenas esta cor indefinível, esta cor de burro quando foge.
Ok… há quem goste de amarelo. Há mesmo quem goste de banana. Aliás, eu, conheço poucos e bons que compatilham da minha visão evoluída sobre tal alimento. Acredite-me: os que odeiam banana têm um certo quê. Mas te peço: não me ofereça bananas… de preferência não seja um banana… e também, não se faça passar por um… Porque, de resto como eu disse eu odeio bananas… e amarelo. E eu, de banana, não tenho nada.

Anúncios
Post seguinte
Deixe um comentário

Conta pra mim aqui --->

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  • Enquanto isso, no Twitter:

    Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

  • O que saiu da cabeça por último

  • Tudo que já rolou:

  • Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

    Junte-se a 20 outros seguidores

  • Anúncios
%d blogueiros gostam disto: